junho 22, 2003

ESCONDER, NÃO ESCONDER. Conta-se em poucas palavras: o Pedro Mexia escreveu que Pacheco Pereira «usa com demasiada latitude o termo "umbiguismo". A linguagem, caro JPP, também é uma forma de as pessoas se esconderem.» A resposta de Pacheco Pereira foi essa mesma: «A linguagem, caro Pedro, também é uma forma de as pessoas se esconderem.»
Mais do que um «inventário circular» de argumentos — ou de demonstração, por parte de JPP, de que a linguagem se pode usar «nos dois sentidos» —, acho que estamos diante de um problema sério sobre «a natureza dos blogs» e, mais seriamente, sobre «exibicionismo» e «umbiguismo» nesta actividade. Pacheco Pereira é extremamente crítico em relação a esse «umbiguismo», mas creio tratar-se, também, de uma questão geracional. O modo de circulação dos textos na internet não tem, por enquanto — nem sei se terá, em tempos mais próximos —, essa carga responsabilizadora que se atribui ao «papel impresso», aos jornais e revistas. Os blogs são, muitas vezes, repositórios de aventuras pessoais, muito mais pessoais do que o debate intelectual: quem escreve blogs não está sujeito a um editor. Escreve-se directamente para uma tela flutuante; o universo de leitores de blogs é muito circular, as pessoas conhecem-se ou vão-se conhecendo, recebem mensagens, mails, recados, apoios. A tentação de dar a conhecer os mundos pessoais é muito maior: há quem resista à tentação, num mundo em que a «solidão», a incomunicabilidade e as «afasias de grupo» justificam também o aparecimento dos blogs (veja-se o post da Psicossomática no Abrupto); há quem queira exactamente dar a conhecer esse lado, justamente porque os mundos pessoais tendem a justificar, primeiro, e a substituir, depois, o debate intelectual; do género: «eu vou ver o filme do João César Monteiro, logo penso certo número de coisas», ou «eu escrevo sobre futebol, logo identifico-me com a tribo», ou «falo de Leo Strauss logo já sabem o que penso». A lógica do «quand dire c'est faire» acaba por ser substituída pela do «quand faire c'est dire».
Portanto, esconder ou mostrar não são coisas inocentes quando se fala na linguagem dos blogs, nem tem unicamente a ver com a marca «anglo-saxónica» (que seria mais pessoal, na primeira pessoa); passa pela forma como se quer dizer e pelo que se quer dizer, e pela injunção estabelecida entre «literatura» e, por exemplo, «história» ou «sociologia». Por isso, essa disputa (corporizada pelo Pedro Mexia e pelo José Pacheco Pereira) tem todo o sentido, embora se compreenda que ambos sabem muito bem do que falam.
Penso é que o mundo dos blogs oferece todas as possibilidades; há lugar para blogs muito mais «literários», blogs muito mais «ideológicos», blogs extremamente pessoais (que abrem essa fenda na intimidade — por onde aparece o exibicionismo, provavelmente infantil), etc. E até há lugar para esse cruzamento ideal entre a aventura pessoal e um certo rigor no debate intelectual, sem pôr em risco a natureza fragmentária deste suporte ou até o seu lirismo — um comentário sobre a paisagem, uma frase sobre a noite, um sinal sobre nós (sim, são essas coisas) — ou o seu humor. A questão é que, nos blogs, há linguagens muito diferentes a competir no mesmo espaço. E isso é magnífico desde que não se queira transformar a «blogosfera» (o termo é do Pedro Mexia) naquilo que ela, manifestamente, não é.
Por outro lado, criar um blog implica sempre uma quebra da reserva de intimidade (que não pode ser confundida com o «umbiguismo chique» — ou seja: transformarmo-nos em problema central do que se escreve, publicar um livro sobre desgraças e desventuras pessoais, mostrar a casa à Caras, dizer como se foi abandonado pela mulher, transformar o círculo de amigos no único grupo de gente disponível no mundo): nós sabemos que livros andamos a ler, a que horas frequentamos a net, a que horas estamos disponíveis para escrever, ou seja, a que horas nos irritamos, a que horas nos apaixonamos. A nota de Pacheco Pereira sobre os fins-de-semana tem igualmente a ver com isso — a busca de audiências não é menosprezável na maioria dos blogs, mas também acho isso natural, dependendo daquilo que cada um faz dos seus fins-de-semana e dos imperativos que transporta para os fins-de-semana (Pacheco Pereira sabe ao que me refiro).

A linguagem esconde o que quisermos escrever, mostra o que quisermos ler. Há sempre sinais.

4 Comments:

At 1:43 da manhã, Blogger ninest123 Ninest said...

ninest123 09.16
burberry outlet, michael kors handbags, ralph lauren outlet, louboutin shoes, michael kors outlet online, replica watches, michael kors outlet store, louboutin uk, louis vuitton outlet, longchamp outlet, ray ban sunglasses, tiffany jewelry, uggs on sale, christian louboutin, longchamp bags, oakley sunglasses, gucci handbags, ralph lauren polo, nike air max, burberry factory outlet, uggs outlet, cheap jordans, uggs on sale, oakley sunglasses, michael kors outlet, longchamp outlet, louis vuitton outlet, michael kors, louis vuitton, uggs outlet, prada handbags, christian louboutin, louis vuitton outlet online, oakley sunglasses, nike outlet, prada outlet, uggs on sale, michael kors outlet online, nike free, louis vuitton handbags, tory burch outlet, ray ban sunglasses, replica watches, nike air max, tiffany jewelry

 
At 1:51 da manhã, Blogger ninest123 Ninest said...

lunette ray ban pas cher, coach outlet, north face uk, hollister uk, hogan sito ufficiale, michael kors outlet online, ray ban uk, new balance, converse, michael kors, true religion jeans, nike roshe run pas cher, chanel handbags, michael kors, nike tn pas cher, nike air max pas cher, coach outlet, true religion outlet, true religion outlet, louboutin pas cher, kate spade, timberland pas cher, burberry pas cher, longchamp soldes, michael kors uk, sac guess pas cher, hermes pas cher, polo lacoste pas cher, longchamp pas cher, north face pas cher, jordan pas cher, abercrombie and fitch, lululemon outlet, nike blazer pas cher, ralph lauren pas cher, coach outlet store online, vans pas cher, vanessa bruno pas cher, kate spade outlet, lunette oakley pas cher, coach purses, nike air force, true religion outlet, nike free pas cher, nike air max

 
At 2:02 da manhã, Blogger ninest123 Ninest said...

hermes handbags, valentino shoes, ghd hair, asics running shoes, nike air max uk, jimmy choo outlet, longchamp uk, nike free, lululemon outlet, mac cosmetics, giuseppe zanotti, insanity workout, softball bats, herve leger, beats by dre, bottega veneta, p90x workout, wedding dresses, mont blanc, hollister clothing, new balance shoes, nike air max uk, abercrombie and fitch UK, nike roshe run, abercrombie and fitch, nike trainers uk, salvatore ferragamo, nike air huarache, instyler ionic styler, north face outlet, reebok outlet, chi flat iron, babyliss pro, celine handbags, nike roshe uk, soccer jerseys, polo ralph lauren uk, soccer shoes, nfl jerseys, north face outlet, abercrombie, vans outlet, nike air max, mcm handbags, mulberry uk

 
At 2:11 da manhã, Blogger ninest123 Ninest said...

ugg,uggs,uggs canada, replica watches, sac louis vuitton, gucci, pandora jewelry, juicy couture outlet, nike air max, swarovski jewelry, marc jacobs, supra shoes, doke & gabbana, polo ralph lauren, ray ban, louis vuitton, oakley, links of london uk, lancel, thomas sabo uk, louis vuitton uk, michael kors outlet online, ugg pas cher, bottes ugg pas cher, iphone cases, pandora jewelry, hollister, louis vuitton, montre pas cher, toms shoes, pandora charms, coach outlet, sac louis vuitton, louboutin, ugg uk, vans scarpe, swarovski uk, pandora uk, timberland boots, michael kors outlet, juicy couture outlet, ugg,ugg australia,ugg italia, converse shoes outlet, hollister, michael kors handbags, wedding dresses uk, converse, karen millen uk
ninest123 09.16

 

Enviar um comentário

<< Home