junho 18, 2003

LIVROS & LEITURAS. O Abrupto diz que só agora descobriu o nome da coluna de Marcelo Rebelo de Sousa na «Os Meus Livros» — «Li e Gostei». Caramba, homem: maldade pura.
O facto é que MRS não tem uma coluna; tem uma listagem. Nem sequer uma listagem afectiva ou afectuosa, coisa desculpável e até, em certos casos, meritória (evocam-se tíulos de memória, autores «próximos», lembranças de uma tarde de Verão). A listagem de livros é uma prática provinciana e devorista — ler tudo, passar os olhos por tudo, sobrevoar as montras das livrarias, associar nomes em bibliografias. Na academia, sobretudo naquilo que antes eram as «humanidades» ou as «letras» e agora são parte das «ciências humanas», vulgarizou-se a prática corrente da citação a propósito de tudo e de nada. O que poderia ser um empréstimo amigável passou a ser exibição pura: «Vejam como eu cito Habermas em alemão!» (mas, depois, as páginas da edição alemã não coincidem com as da francesa ou espanhola) Ou: «Não sabes que saiu um livro do Américo Fontoura do Caramulo?» (Ninguém tem coragem para dizer que desconhece a importância de Américo Fontoura do Caramulo para a teoria da desconstrução ou para a medalhística novecentista, essa é que é a verdade.)

Citação, roubo e montagem de citações (lê-se um artigo de uma revista, cita-se Rorty fora de contexto, escolhe-se um adjectivo antes de Lyotard — Lyotard é barato —, enumeram-se dois livros das «breves» do «Libération»; quem vai conferir tudo?); mas também exuberância. A exuberância não é desonesta mas sim esquizofrénica. Vive da multiplicação e da associação de títulos, misturando «informação» (saiu isto, saiu aquilo) com «garantia de leitura». MRS está neste caso — de vez em quando desato à gargalhada ao ver as suas recomendações de monografias de vilas do Douro juntamente com romances de Maria Roma. Eu gosto de monografias de vilas do Douro e até guardo uma série delas — Lamego, Régua, Resende, Mós do Douro, Foz Côa, Mesão Frio (para não falar de Trás-os-Montes e de Boticas, da autoria de José Pacheco Pereira), mas acho que ninguém consegue ter coragem de ler uma durante a semana para a recomendar depois de criticar Fátima Felgueiras e a conferência de imprensa directamente do Rio de Janeiro, ou de comentar a final de Roland Garros. Essa esquizofrenia tem um lado generoso, claro, mas não é honesta quando se diz «li e gostei».
De facto, o Abrupto tem razão, toda a razão, inteira razão, quando fala da banalização da leitura. Muitas vezes acontece que só se lêem verdadeiramente os livros que já se leram — regressar a um livro é uma aventura muito mais saborosa do que descobrir um novo autor, por muito que possa ser (como é que se diz?...) deslumbrante. O prazer da novidade, do novo, do «recém-chegado à nossa banca de trabalho», do «acaba de ser publicado», é sempre duvidoso. Ler coisas novas custa cada vez mais, contra mim falo: detectam-se falsificações, já conhecemos a história, já se sabem os truques, onde é que já se leu isto?, oh isto outra vez não!, já não tenho paciência para propaganda, etc, etc.
Outro prazer definitivo é ler pela primeira vez os livros que «todos os outros já leram». Está a acontecer-me com a «Recherche», que eu nunca tinha lido (saiu agora a tradução de Pedro Tamen, na Relógio d'Água). À medida que vou lendo descubro uma coisa notável: algumas pessoas que falaram de Proust estão inteiramente certas naquilo que disseram; mas centenas delas nunca tinham lido Proust, afinal — citavam Proust, a importância de Proust, a obra-prima. Mas não tinham lido. Acho isto muito triste, ou seja, uma desilusão. Uma obra-prima, nessas circunstâncias, é inquestionável, tal como o «acto de leitura», uma espécie de iniciação; fala-se dela e milhares de pessoas dizem: «Claro que ele já leu Proust.» Aconteceu-me a mesma coisa quando li Thomas Mann («Os Buddenbrook») porque Pacheco Pereira tinha insistido no livro em várias crónicas e no «Flashback». Foi a primeira vez que tive pena de não poder ler em alemão (tal como tive pena de não poder ler «O Sino da Islândia», de Halldór Laxness, em islandês) — nessa altura descobri uma coisa notável, a humildade da leitura. Quando se descobre alguém que nunca citou uma linha de Flaubert mas que leu todo o Flaubert, valoriza-se bastante essa humildade. Porque, às vezes, ler é ler para dentro (não é bem isso), ler onde não há necessidade de prestar provas dessa leitura, embora apeteça sempre falar sobre «o que se lê verdadeiramente».
A banalização da leitura é um dos pecados veniais da pequena intelligentsia, e apresenta gradações de exibicionismo que podem ser graves e doentias. Mas MRS não é propriamente, ainda, uma Oprah... Sabe-se, quase sempre, que uma recomendação sua «leva água no bico». Tal como quando fala de política, naturalmente.
Comentários para Aviz




4 Comments:

At 1:44 da manhã, Blogger ninest123 Ninest said...

ninest123 09.16
burberry outlet, michael kors handbags, ralph lauren outlet, louboutin shoes, michael kors outlet online, replica watches, michael kors outlet store, louboutin uk, louis vuitton outlet, longchamp outlet, ray ban sunglasses, tiffany jewelry, uggs on sale, christian louboutin, longchamp bags, oakley sunglasses, gucci handbags, ralph lauren polo, nike air max, burberry factory outlet, uggs outlet, cheap jordans, uggs on sale, oakley sunglasses, michael kors outlet, longchamp outlet, louis vuitton outlet, michael kors, louis vuitton, uggs outlet, prada handbags, christian louboutin, louis vuitton outlet online, oakley sunglasses, nike outlet, prada outlet, uggs on sale, michael kors outlet online, nike free, louis vuitton handbags, tory burch outlet, ray ban sunglasses, replica watches, nike air max, tiffany jewelry

 
At 1:55 da manhã, Blogger ninest123 Ninest said...

lunette ray ban pas cher, coach outlet, north face uk, hollister uk, hogan sito ufficiale, michael kors outlet online, ray ban uk, new balance, converse, michael kors, true religion jeans, nike roshe run pas cher, chanel handbags, michael kors, nike tn pas cher, nike air max pas cher, coach outlet, true religion outlet, true religion outlet, louboutin pas cher, kate spade, timberland pas cher, burberry pas cher, longchamp soldes, michael kors uk, sac guess pas cher, hermes pas cher, polo lacoste pas cher, longchamp pas cher, north face pas cher, jordan pas cher, abercrombie and fitch, lululemon outlet, nike blazer pas cher, ralph lauren pas cher, coach outlet store online, vans pas cher, vanessa bruno pas cher, kate spade outlet, lunette oakley pas cher, coach purses, nike air force, true religion outlet, nike free pas cher, nike air max

 
At 2:03 da manhã, Blogger ninest123 Ninest said...

hermes handbags, valentino shoes, ghd hair, asics running shoes, nike air max uk, jimmy choo outlet, longchamp uk, nike free, lululemon outlet, mac cosmetics, giuseppe zanotti, insanity workout, softball bats, herve leger, beats by dre, bottega veneta, p90x workout, wedding dresses, mont blanc, hollister clothing, new balance shoes, nike air max uk, abercrombie and fitch UK, nike roshe run, abercrombie and fitch, nike trainers uk, salvatore ferragamo, nike air huarache, instyler ionic styler, north face outlet, reebok outlet, chi flat iron, babyliss pro, celine handbags, nike roshe uk, soccer jerseys, polo ralph lauren uk, soccer shoes, nfl jerseys, north face outlet, abercrombie, vans outlet, nike air max, mcm handbags, mulberry uk

 
At 2:12 da manhã, Blogger ninest123 Ninest said...

ugg,uggs,uggs canada, replica watches, sac louis vuitton, gucci, pandora jewelry, juicy couture outlet, nike air max, swarovski jewelry, marc jacobs, supra shoes, doke & gabbana, polo ralph lauren, ray ban, louis vuitton, oakley, links of london uk, lancel, thomas sabo uk, louis vuitton uk, michael kors outlet online, ugg pas cher, bottes ugg pas cher, iphone cases, pandora jewelry, hollister, louis vuitton, montre pas cher, toms shoes, pandora charms, coach outlet, sac louis vuitton, louboutin, ugg uk, vans scarpe, swarovski uk, pandora uk, timberland boots, michael kors outlet, juicy couture outlet, ugg,ugg australia,ugg italia, converse shoes outlet, hollister, michael kors handbags, wedding dresses uk, converse, karen millen uk
ninest123 09.16

 

Enviar um comentário

<< Home