outubro 05, 2003

OUTRO, EU. Reparo agora que o Outro Eu refere o meu regresso dos «mares do sul» (a falar verdade, não regressei...). O Carlos espera que eu tenha regressado «mais Coloane» e, provavelmente, «menos Luis Sepúlveda». Ó Carlos, mas o Luis Sepúlveda não é dos mares do Sul; é de Berlim, de Paris, um europeu — até nas opiniões que tem sobre o Chile, e que podiam ser ditas por qualquer um em Badajoz. Eu já tinha ido mais, muito, muito «mais Coloane», esse velho fabuloso que um dia — há cinquenta e tal anos — partiu dos mares do Sul (os verdadeiros, não os de Sepúlveda) num cargueiro, em direcção a Lisboa. Entretanto fica o aviso aos leitores: continua na TSF o melhor programa de entrevistas. Chama-se «Pessoal e Transmissível».