junho 11, 2004

EURO 2004, QUASE PARA TERMINAR AS JUSTIFICAÇÕES. Variações sobre o tema, no Frankfurter Allgemeine Zeitung:

«Se o futebol ainda conserva um resto de magia, seria bom que ela se manifestasse durante o Euro’2004. Só um pouco. Andamos muito tristes, na Europa. Andamos muito cansados da Europa, na Europa. Se os leitores da “Frankfurter Allgemeine Zeitung” fizerem um pequeno esforço de releitura das páginas do jornal, hão-de reparar que a Europa, ultimamente, não tem produzido grandes novidades, esperanças, entusiasmos, paixões ou alegrias. Basta, para isso, que leiam o que dizem os “génios” da Comissão Europeia, de Romano Prodi a qualquer funcionário de Bruxelas ou de Estrasburgo – é assustador, não é? Sim, eu sei que os tempos não estão fáceis, há o terrorismo, a guerra no Iraque, a discussão sobre o défice orçamental, os subsídios comunitários à agricultura, o alargamento da União, o Big Brother na televisão (em quase todas as televisões), o fundamentalismo islâmico, o preço da cerveja, a crise na literatura. Uma pessoa normal não tem grandes razões para estar satisfeita.
O mundo do futebol também tem as suas crises: uma burocracia hereditária tomou conta dele, na Europa e fora dela, encheu-o de leis, compromissos, prefácios a volumes legislativos, comissões de juristas que tratam do off-side e dos lançamentos laterais, penalizações diversas, acordos com televisões e agências de publicidade, enfim, tudo o que é necessário para que o futebol funcione, enriqueça uma indústria minuciosa e que, às vezes, funciona como um Estado dentro de um Estado (ou de vários Estados, como acontece na União Europeia). Seja como for, não poderemos mudar isso, e não creio que seja o mais urgente.
PORTUGAL É UM PAÍS PEQUENO E APAIXONADO. Poderia, em vez de se dedicar à organização do Euro’2004, ter melhorado as suas contas públicas, promovido a sua literatura e as suas artes (infelizmente, a língua portuguesa é tão minoritária que não são muito conhecidos além-fronteiras o génio de Camões, o humor de Eça de Queiroz ou de Camilo Castelo Branco, a pintura de Paula Rêgo ou Graça Morais, a música de Frei Manuel Cardoso ou Carlos Paredes), modernizado a administração e os serviços públicos, investido na educação elementar. Mas acontece que Portugal gosta bastante de futebol, tanto como de receber visitas. Eu não concordei com isto, de organizarmos o Euro’2004: achei que devíamos ser europeus sérios e circunspectos, bons aprendizes em matéria económica, empenhados no estudo, no trabalho e nas nossas contas bancárias – “como os alemães”, conforme se diz em Portugal.
De qualquer modo, a decisão estava tomada. É por isso que eu peço um pouco da magia do futebol neste começo de Verão antecipado: golos, sim. Mas também a nossa memória de uma jogada luminosa e arrepiante. Europeus, precisamos disso neste momento. Precisamos da alegria do jogo, da sua inocência. O brasileiro Garrincha, que foi um dos melhores jogadores do mundo – teve, em relação a Pelé, o defeito de descuidar a sua carreira e de gostar muito de jogar –, era conhecido por essa inocência: diz-se que, nesses anos cinquenta em que jogou com a camisola do Botafogo (um clube do Rio de Janeiro), driblava uma defesa inteira: um, dois, três, quatro, às vezes cinco, deixava os adversários sentados na relva depois das suas fintas e, não contente em ficar sozinho diante da baliza, pronto para marcar o golo, esperava que a defesa se recompusesse para que pudesse driblá-la outra vez. Já não há futebol deste, evidentemente (os adeptos do Botafogo desesperavam, porque preferiam golos, o que é bastante compreensível); mas ele traduz a alegria de jogar – que está a fazer-nos muita falta. E, a esta distância, apela à nossa disponibilidade para “ver futebol”.
Já não voltaremos a esse tempo. Penso nisso quando vejo as imagens tristes de Maradona, internado numa clínica argentina. Mas não sou um saudosista, um reaccionário. Num mundo cheio de ressentidos e desesperados, de politicamente correctos, o futebol também abre a porta para o teatro da justiça absolutamente humana (um golo é um golo) e para a contingência das vitórias absolutas (que já não existem, como se sabe). Neste caso, na Europa de 2004, o futebol vai interromper esse ciclo de ressentimento e de primeiras páginas (dos nossos jornais) dedicadas a personagens cinzentos e banais.
ORA, O FUTEBOL É ISTO QUE ESTÁ À VISTA DENTRO DOS ESTÁDIOS: UM JOGO. Às vezes é brutal, sim. E deselegante (a quantidade de sonetos sofríveis e mesmo de má qualidade produzidos ao longo da história da poesia também é inquietante, para não falar dos romances europeus), tanto quanto podem ser o espírito humano ou a massa humana reunida em multidões à solta. Joga-se com brio, sim, e sem piedade – se bem que ela apareça de vez em quando, mas não faz parte do seu dicionário essencial.
Gostar de futebol, por isso mesmo, é um exercício sobre o qual as explicações flutuam ao sabor do momento. Prefiro nunca falar delas, mas podem mencionar-se: a arte, o domínio da bola, o exercício de conjunto, a elegância do passe, a apoteose do golo, a festa da multidão, a cor e a luz dos estádios. São ninharias. Gosta-se de futebol. Ou não se gosta. Podemos ter muitas explicações para a ideia de “gostarmos de futebol”, tal como os críticos literários gostam de revolver a obra de Shakespeare ou de Goethe à procura de mais um sinal do admirável génio desses dois europeus. Mas, um leitor de Goethe e de Shakespeare, tal como um adepto da sua equipa de futebol, sabe intimamente que esse génio está lá: o que ele espera, no momento em que está mais perto dos seus livros ou dos golos da sua equipa, é apenas pouco de magia, de respiração, de alegria.
O mundo está perigoso; um pouco de futebol, em Portugal, pode ajudar-nos a sermos mais optimistas. Como toda a gente que precisa de ilusões.»

6 Comments:

At 4:15 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Very cool design! Useful information. Go on!
» »

 
At 10:48 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Wonderful and informative web site. I used information from that site its great. »

 
At 6:51 da manhã, Blogger ninest123 Ninest said...

ninest123 10.16
tiffany jewelry, replica watches, jordan shoes, replica watches, michael kors outlet store, michael kors handbags, burberry outlet online, nike air max, ugg australia, cheap ugg boots, christian louboutin, christian louboutin outlet, burberry outlet online, ugg outlet, tory burch outlet online, louis vuitton outlet, cheap oakley sunglasses, louis vuitton, oakley sunglasses, tiffany and co, louis vuitton outlet, chanel handbags, kate spade outlet online, polo ralph lauren outlet, ray ban sunglasses, prada handbags, polo ralph lauren, oakley sunglasses, christian louboutin shoes, gucci handbags, michael kors outlet online, nike outlet, longchamp handbags, prada outlet, cheap ugg boots outlet, oakley vault, longchamp outlet, ray ban outlet, nike air max, nike free, louis vuitton handbags, cheap oakley sunglasses, michael kors outlet online sale, ugg boots clearance, ray ban sunglasses, longchamp outlet online, louis vuitton outlet online

 
At 6:59 da manhã, Blogger ninest123 Ninest said...

longchamp, michael kors outlet online, hermes pas cher, ray ban pas cher, timberland pas cher, vans pas cher, tn pas cher, nike roshe, converse pas cher, true religion outlet, air max pas cher, nike air max, air jordan, north face, coach outlet store online, michael kors, nike free, guess pas cher, true religion jeans, louboutin, nike roshe run, burberry pas cher, kate spade outlet, new balance pas cher, mulberry uk, nike free pas cher, longchamp pas cher, true religion outlet, coach outlet, north face pas cher, true religion, nike air max, lululemon outlet online, coach purses, coach outlet, michael kors uk, air max, scarpe hogan, nike blazer pas cher, hollister uk, nike air force, sac vanessa bruno, ralph lauren uk, hollister, lacoste pas cher, michael kors canada, abercrombie and fitch, ray ban uk, ralph lauren pas cher, oakley pas cher

 
At 7:07 da manhã, Blogger ninest123 Ninest said...

jimmy choo shoes, chi flat iron, bottega veneta, ralph lauren, celine handbags, giuseppe zanotti, nike air huarache, mont blanc pens, ghd, gucci, ray ban, baseball bats, converse shoes, abercrombie and fitch, louboutin, p90x workout, nike roshe, babyliss, mac cosmetics, vans outlet, north face jackets, mcm handbags, vans, nfl jerseys, new balance outlet, reebok shoes, lululemon outlet, valentino shoes, abercrombie, north face jackets, wedding dresses, instyler ionic styler, asics shoes, hollister clothing store, air max, nike air max, timberland boots, nike trainers, converse, herve leger, birkin bag, iphone case, oakley, insanity workout, hollister, ferragamo shoes, soccer shoes, longchamp, beats headphones, soccer jerseys, michael kors outlet, michael kors outlet online

 
At 7:11 da manhã, Blogger ninest123 Ninest said...

links of london uk, louis vuitton pas cher, canada goose, doke gabbana outlet, moncler, ugg boots, canada goose outlet, ugg soldes, louis vuitton canada, juicy couture, swarovski jewelry, moncler outlet, michael kors outlet online, moncler, marc jacobs handbags, pandora uk, sac louis vuitton, canada goose, ugg, wedding dress, hollister canada, michael kors outlet, moncler, pandora charms, juicy couture outlet, louis vuitton uk, uggs canada, canada goose outlet, michael kors handbags, louis vuitton, replica watches, thomas sabo uk, ugg, coach outlet, moncler, montre femme, canada goose, barbour, moncler, pandora jewelry, sac lancel, canada goose pas cher, moncler, canada goose outlet, barbour jackets, karen millen, supra shoes, swarovski uk, canada goose, toms outlet, pandora jewelry, moncler outlet
ninest123 10.16

 

Enviar um comentário

<< Home