outubro 02, 2004

SÓCRATES. A vitória de Sócrates escandalizou muita gente -- à esquerda (muito mais) e à direita (com sorrisos tímidos). Uma das críticas fundamentais é a que designa «o novo líder» como «homem de plástico», «homem de marketing»; a outra designa-o como não tendo muita intimidade com «a esquerda». Estas coisas ficam na cabeça dos jornalistas da tevê. A repórter da RTP mostrou o teleponto de Sócrates durante um discurso no congresso com a alegria pacóvia de ter feito uma descoberta essencial e desatou a perguntar aos congressistas se não tinham ficado alarmados com a ideia; na imprensa, propriamente dita, procede-se a uma «caça ao adjectivo» para ver quando é que Sócrates diz alguma coisa «menos de esquerda».
Tudo aponta para uma nova paranóia: fazer prova de que se é de esquerda. Para Manuel Alegre (que estava com Soares quando ele meteu o socialismo na gaveta) isso resolve-se assinalando, de cinco em cinco minutos, que se é de esquerda. Como se fosse uma vantagem enorme.

2 Comments:

At 12:35 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Wonderful and informative web site. I used information from that site its great. Information about eureka vacuum cleaners

 
At 5:55 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Where did you find it? Interesting read »

 

Enviar um comentário

<< Home