fevereiro 06, 2005

O PROBLEMA DA MORAL. O país ficou moralista, mas vai ficar mais durante os próximos quinze dias; não se trata de moral sexual. Aparecem, vindos de todo o lado, sacerdotes & freiras brandindo o dedinho indicador, mostrando como se deve fazer propaganda eleitoral, até onde se podem insultar o país e as instituições (salvaguardando algumas, naturalmente), de que comportamentos sexuais se pode falar e o que se deve omitir, o que é um boato e o que é uma insinuação. Ah, país de inquisidores e de polícias sem farda, de frades gordos e de virgens ressentidas, gente mal amada que gosta de coisas banais.

2 Comments:

At 9:58 da tarde, Blogger E.O. said...

comentários no aviz? e apenas via link? estou desactualizado

 
At 10:26 da manhã, Blogger LNT said...

A informática é traiçoeira.
Há sempre umas portas abertas.

 

Enviar um comentário

<< Home