fevereiro 23, 2005

Vidas de santos.

Seja como for, embora não seja assunto meu, não posso deixar de recomendar a leitura do livro organizado por Fernando António Almeida, Vidas Maravilhosas dos Santos (editorial Teorema): trata-se de recuperar uma hagiografia do século XII sobre alguns santos da igreja católica. As narrações são muito boas e o prefácio de FAA é divertido. Causa-me impressão a quantidade de santos que lutam por todos os meios contra o mafarrico, alguns deles causando males fatais (inclusive separando homens e mulheres) mas, felizmente, alguns são diabretes simpáticos.

Adenda: O Rafael Luiz Reinehr (um gaúcho de Santa Maria, Rio Grande do Sul, e que mantém o Simplicíssimo) diz, nos comentários, que estas bobagens cristãs não o comovem. É por isso mesmo, Rafa, é por isso mesmo.

3 Comments:

At 10:53 da tarde, Blogger Rafael Reinehr said...

Upa!

Bonita casa nova! E agora com espaço para comentários!

É pra já!

Se for pra falar de santos, então vou me referir à minha mãe. Santa na terra é ela! Agüentar um filho como eu, nooooossa!

Desculpe a brincadeira, mas essas bobagens cristãs não me atraem...

 
At 12:25 da manhã, Blogger António Viriato said...

Algumas vidas de santos são do melhor que há em literatura, sobretudo quando escritas por mão de Mestre. Sem discutir a parte teológica, nem a sua veracidade, qualquer um as pode ler como ficção, que não perde o seu tempo. Lendo autores religiosos, como Frei Luís de Sousa, Frei António das Chagas, Heitor Pinto, para já não falar nos mais conhecidos, António Vieira e Manuel Bernardes, ganha-se imenso em vários campos e, acima de todos, no do conhecimento da Língua Portuguesa, que foi por eles sempre muito bem tratada.Ali, sim, respira-se ar puro e bebe-se da água mais cristalina... Já o mesmo não se pode dizer de outras fontes literárias, ainda que muito elogiadas. No entanto, cada um bebe do que gosta...evidentemente.

 
At 4:49 da manhã, Anonymous Anónimo said...

I have been looking for sites like this for a long time. Thank you! »

 

Enviar um comentário

<< Home