maio 29, 2005

UE-Mercosul

Que a ideia de relançar as negociações entre a UE e o Mercosul, para criar um mercado comum de milhões e milhões de consumidores, não seja recebida com foguetes e aplausos tão evidentes. Por mim, de acordo; em frente; sempre achei exagerado o preço do pão de queijo na Europa. Mas as implicações desse mercado comum serão tão radicais e profundas que teremos manifestações de rua pela França e Alemanha, e mais exigência sobre os centros de decisão. Talvez por isso, aquele pequeno tom introduzido na cimeira ibérica acerca do valor político desta iniciativa seja uma contrapartida apenas. O grande continente político euro-latino-americano pode vir a ser a utopia do ressentimento. Mas o que acontecerá aos subsídios isso queria eu saber.