julho 08, 2005

Vidas miseráveis.

No Alfa Porto-Lisboa, um cavalheiro telefona para vários amigos, perguntando se o tinham visto na televisão, de tarde. Muitos tinham visto.
«A merda das bombas tirou-me meia-hora de conversa», explicou ele, um cavalheiro da indústria da comunicação. «Aquele Blair meteu-se com eles, levou.» Há pessoas com vidas miseráveis.

28 Comments:

At 1:25 da manhã, Anonymous CAA said...

Caro FJV,
Não me diga que era o Mário Soares?...

CAA

 
At 2:19 da manhã, Blogger Eterna Descontente said...

Se fosse o Mário Soares, asseguraria que esta não é a melhor maneira de combater o terrorismo, que desta forma ninguém apanha o “Bin Ban” ;-)

 
At 9:09 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Que maldade.
filinto

 
At 9:43 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Ai meus deus, era o j. coelho, de certeza!, coitado! rcoias

 
At 11:02 da manhã, Anonymous António said...

“Vidas miseráveis” é o quê? Revelar, em tom solene e indignado, as pequenas anedotas, ridicularias e infâmias que os VIPs dizem em conversas informais no banco ao lado? Ai, ai… deixe lá isso, FJV.

 
At 12:23 da tarde, Blogger LFV said...

O Vicente Jorge Silva chamaria ao procedimento os princípios da geração rasca. Não sou tão radical Francisco! Mas que há gente miserável, há. Que não conhece nem os pais, se isso der dinheiro ou "celebridade".

 
At 1:14 da tarde, Anonymous Janeca said...

FJV, "cavalheiro" não, talvez "tonto".

 
At 1:39 da tarde, Blogger hugo said...

Que tristeza!

 
At 2:41 da tarde, Blogger ISA said...

Olá Francisco,

desta vez queria só partilhar isto:
http://ecaequeeessa.blogspot.com/2005/07/francisco.html

 
At 2:58 da tarde, Blogger Luis Gaspar said...

Também devia haver muita gentinha dessa a dizer que os judeus sem meteram com o hitler, por isso levaram. Há sempre gentinha no mundo. O segredo deve ser não os elevar acima da condição de gentinha.

 
At 4:09 da tarde, Blogger Francisco J. V. said...

Obrigado, Isa. Cá vamos.

 
At 4:27 da tarde, Blogger AMAFAS said...

Francisco José Viegas, não compreendo porque veio colocar uma conversa privada num blog, local público portanto! Eu disse o que disse e ninguém tem nada com isso! Já agora, o Blair não se meteu com eles?
Ao menos teve a decência de não referir o meu nome. Vá lá! Não julgue que eu estava acabrunhado com falta de atenção televisiva. Apenas queria que os telespectadores saíssem elucidados. Eu, ainda sou dos poucos que eloquentemente passa a mensagem e o povo não tem de mudar de canal! Não sei se posso dizer o mesmo de si! Quero que saiba que tudo ficará na mesma, desde que não refira o meu nome! Caso contrário terei que encontrar a melhor forma de pôr cobro a isto, sendo que a forma judicial será com toda a certeza utilizada.

Com os melhores cumprimentos!

PS: Este comentário é todo ele ficção! Espero que leiam o post scriptum para não pensarem que o Sr. Taliban realmente descobriu o FJV. Gostei muito de visitá-lo! Hei de cá voltar!

 
At 5:09 da tarde, Blogger Carla de Elsinore said...

não me choca nada que esta triste conversa privada aqui seja revelada. afinal falamos de uma figura pública que, necessariamente, tem que ter cuidados privados. ainda mais num local público, ainda mais na presença de outra figura pública, ainda mais fazendo referência ao mesmo assunto que teria estado a comentar, seguramente em moldes diferentes. não conheço o francisco, mas não imagino que tenha estado a espreitar pelo buraco da fechadura.

 
At 5:29 da tarde, Blogger Luís Bonifácio said...

Essa cena tinha entrada directa numa peça do Ionescu

 
At 7:25 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Na próxima utiliza os phones. Quem te manda a ti ouvir o que não deves, hein?! ;)

 
At 7:47 da tarde, Blogger Pedro F. Ferreira said...

pois há, têm poder na comunicação e até andam de alfa...

 
At 8:14 da tarde, Blogger Afonso Azevedo Neves said...

Miserável?! É uma simpatia este Francisco!

 
At 8:23 da tarde, Blogger duarte nuno correia said...

Ia no Alfa, mas será que era alfabetizado?

 
At 9:57 da tarde, Blogger Dragão Azul said...

Acho que há uma questão que toda a gente deve estar a pôr neste momento... ia em primeira ou segunda classe? Ou então, tinha a primeira ou a segunda classe?

Azul e Branco

 
At 10:30 da tarde, Anonymous maria manuela almeida said...

Esse disse alto o que muito peralta no governo pensa. Vidas miseráveis? Certo, mas não serão também as daqueles que ouvem estas conversas e as descarregam na comodidade do blog? Ou será que se dirigiu ao miserável e lhe disse, na cara, quão miserável achou que era a vidinha dele?
Cinismo, meu caro, cinismo e desonestidade intelectual.

 
At 11:45 da tarde, Blogger alias said...

Mais do que vidas miseráveis, inteligências miseráveis. Deixá-los. É fazer como o Tomás Alencar, d' «os Maias»: erguer as calças e deixar passar o enxurro.

 
At 11:57 da tarde, Anonymous dragão azul said...

Miseráveis mesquinhas e ridículas. Se fosse algum parente ou amigo dele, de certeza já não falava assim.

 
At 2:23 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Ao estilo do melhor pidesco. Ainda não revela nomes, mas lá chegará.

 
At 5:38 da manhã, Blogger Pedro Nogueira said...

O pior é que há mais gente do que se imagina que pensa assim. E quem apanhou as bombas todos sabemos quem foi.

 
At 12:09 da tarde, Blogger SaltaPocinhas said...

Não faço ideia quem era, mas estava coberto de razão. tirar tempo de antena ao senhor por causa da m**** de umas bombas? Dah!! Estes jornalistas são todos uns cromos!

 
At 9:14 da tarde, Blogger Paulo Pacheco said...

mas afinal quem era o gajo pá!?

Afinal de contas não estás a dizer nenhuma mentira pois não?.. então bota aí o nome dele!

 
At 10:35 da tarde, Blogger Lyra said...

pequeninas as pessoas. pequeninas.

 
At 11:20 da manhã, Blogger PmCDP said...

Mas que terrível desabafo! E depois vêm logo 20 pessoas vergastá-lo! O que se escreve num blog só ao seu autor diz respeito.E neste caso, a história é interessante.
Mas os comentários de desprezo demonstram uma outra forma de miserabilismo. O dos chacais.

Aos humanos não se pode pedir mais, pois não?

 

Enviar um comentário

<< Home